Depois das críticas, autores de GOT prometem um ritmo moderado na 8ª temporada

A maior crítica que a sétima temporada de Game of Thrones recebeu foi sobre o ritmo dos acontecimentos. A série, que sempre se pautou por um ritmo moderado e credível para com as circunstâncias, viu o ritmo da sua narrativa a acelerar durante a sua penúltima temporada, o que se resumiu em muitas críticas, principalmente no seu penúltimo episódio.

Em Beyond the Wall o problema do ritmo acaba por se debater mais no campo da lógica, em que o tempo necessário para a credibilidade dos acontecimentos não bate com o desenvolvimento da narrativa. O episódio ficou marcado pela missão, liderada por Jon Snow, de irem Além da Muralha capturar um wight como prova da ameaça que avança para Westeros. No episódio, Gendry a determinado momento corre para Atalaialeste para enviar um corvo a solicitar ajuda a Daenerys, que nesse momento estava em Dragonstone. Durante todo este tempo, o grupo está emboscado pelo exército dos mortos e ali fica até a chegada de Dany. Toda a cena é criticada pela falta de lógica e de clareza na sua narrativa, dando a entender que toda a acção que demoraria dias a acontecer, decorreu em algumas horas apenas.

Este assunto é debatido pelos escritores da série numa entrevista à Entertainment Weekly. Bryan Cogman começa por referir que a escolha deles foi ‘seguir em frente’. Embora a expressão não nos permita tirar grandes conclusões, ele dá a entender que estavam mais focados no destino para o final da temporada e não tanto no caminho até esse mesmo destino.

“We made a choice to ‘just get on with it’ last season.”

Bryan Cogman

Dave Hill, sobre a mesma questão, refere que foi necessário acelerar o ritmo para que conseguissem atingir os objetivos definidos para a temporada. Ele refere ainda que mesmo assim houveram muitos avanços de tempo que o público não notou.

“With all the things we were balancing to set things up for season 8, sometimes we had to speed things up within episodes. We had a lot of time cuts the vast majority of viewers didn’t catch. We could have a [title card] on there saying ‘Three Weeks Later,’ but we did not. Sometimes when moving pieces around you’re going to cheat a little bit.”

Dave Hill

Para a temporada final, Dave Hill deixou no ar a promessa de que, uma vez que o ritmo acelerado da sétima temporada permitiu-lhes deixar as coisas no ponto certo, o ritmo será propício a manter a lógica temporal mais credível.

“tried to keep more of the time logic rather than jet packs.”

Dave Hill


A última temporada de GOT estreia dia 15 de abril às 02h no SYFY. Continua atento ao nosso site e redes sociais para não perderes nenhuma novidade!

About Jon

Nascido entre o Gelo e o Fogo, descendente de duas das grandes casas de Westeros, Targaryen e Stark. Um apaixonado por este mundo que nos seus tempos livres dedica-se a fazer aquilo de que mais gosta, descobrir e dar a conhecer mais sobre este mundo.