[análise] O que nos diz o trailer da oitava temporada de Game of Thrones?

Eu conheço a morte. Tem muitas caras. Mal posso esperar para ver esta. 

Arya aparece ofegante, em pânico e com sangue no rosto. A determinado momento desata a correr pelo que presumimos ser os corredores do castelo de Winterfell. Esta é a cena que abre o trailer da oitava e última temporada de Game of Thrones. E é aqui que começamos a nossa análise detalhada ao tão aguardado trailer.

Spoilers e muita especulação não vão faltar ao longo deste artigo. Lê por tua conta e risco. 

Enquanto ouvimos Arya Stark a proferir as palavras que abrem este artigo (Eu conheço a morte. Tem muitas caras. Mal posso esperar para ver esta.) somos apresentados a algumas imagens dela a correr pelos corredores de Winterfell. Arya está com o rosto coberto de sangue. Para quem acompanha todas as novidades da série, é sabido que iremos ter uma grande batalha em Winterfell. Confirmada oficialmente por diversas vezes em entrevistas, essa batalha é também o foco deste trailer. E é da batalha em Winterfell que presumimos que sejam as imagens de Arya, que corre provavelmente a fugir do exército dos mortos. A cena termina com uma outra cena da Arya onde ela está a receber uma adaga de vidro de dragão. Esta cena final deve anteceder a anterior (provavelmente será no 1º ou 2º episódio, uma vez que a batalha decorrerá no 3º episódio) e é nesse momento da trama em que ela profere as palavras que ouvimos no trailer. Se há personagem que está habituada a lidar com a morte é sem dúvida Arya, depois de toda a experiência e conhecimento que adquiriu em Braavos, na Casa do Preto e Branco.

No entanto, há algo que devemos considerar: já há muito tempo que não víamos Arya tão assustada. Para além disso, conseguimos ver que ela está bem armada para enfrentar wights. Então, porque corre a jovem Stark? Estará apenas a fugir de um wight… ou do próprio Night King?

No Reddit, já surgem as mais diversas teorias que podemos enquadrar nestas cenas:

  • Teoria 1: o Rei da Noite vai ressuscitar os Stark que já faleceram (cujos restos descansam nas criptas);
  • Teoria 2: Gendry vai morrer a determinado momento e será ressuscitado pelo Rei da Noite e Arya foge dele sem conseguir enfrentá-lo, devido à forte ligação que os une;

Entre as cenas acima somos apresentados a alguns flashs com outras personagens. Davos nas ameias de Winterfell, na batalha, e Varys nas criptas. Acreditamos que as criptas sejam o local onde vão ficar refugiadas todas as pessoas que, por algum motivo, estão incapacitadas e/ou não sabem lutar, uma vez que mulheres e crianças também são vistas na cena.

De Winterfell, vamos até ao oceano, onde vemos três navios Greyjoy. À primeira vista, pensamos em Euron. Mas nenhum dos navios ostenta o símbolo que vimos na frota de Euron na sétima temporada e nenhum destes navios é o Silêncio. As apostas recaem em Theon, num possível resgate à sua irmã, Yara, que se encontra aprisionada pelo tio.

Agora sim, somos apresentados à frota liderada por Euron Greyjoy. Ele prometeu a Companhia Dourada a Cersei e aqui vemos a companhia a caminho de Westeros.

A confirmação que muitos desejavam. Tormund, Eddison Tollett e Beric sobreviveram ao ataque do Rei da Noite à Muralha, mais precisamente em Eastwatch. Resta saber se a cena abaixo será em Castelo Negro (na Muralha) ou se porventura os três personagens conseguiram deslocar-se até Winterfell.

Tudo o que fizeste trouxe-te até aqui. A onde pertences. A casa.

Embora as palavras (proferidas por Bran) tentem remeter para a cena em que vemos Bran com Sam, acreditamos que elas pertençam a alguma outra cena e sejam dirigidas a uma outra personagem, nomeadamente Daenerys ou Jon Snow. Apostamos em Daenerys pelo fato de que a jornada desde o momento em que foi levada ainda bebé de Westeros ao momento em que regressa para conquistar o Trono de Ferro, foi mais intensa e pesada do que a jornada de Jon, sem desmerecer todos os feitos deste.

Falando em Bran, aproveitamos para destacar uma teoria que surgiu: as estranhas estações de Westeros podem ter o dedo do Bran. Segundo a teoria, o Bran tenta voltar atrás no tempo para parar o Rei da Noite e é assim que cria as estranhas estações de Westeros.

Em Porto Real vemos Cersei acompanhada por Qyburn e pelo Montanha. Estará ela à espera de Euron, que lhe prometeu trazer a Companhia Dourada?

Voltamos a Winterfell onde Sansa se deslumbra com Drogon e Rhaegal. O exército prepara-se para a grande guerra, liderado por Jon e Daenerys. É também a primeira vez que vemos uma versão mais estendida do que rodeia Winterfell, nomeadamente a cidade de Winter.

Voltamos a ver mais uma cena entre Jon e Dany, desta vez nas criptas de Winterfell, provavelmente junto ao túmulo de Ned. Jon aparenta ter recebido alguma informação importante. Terá, a esta altura da trama, ele conhecimento da sua verdadeira origem? E se sim, irá essa informação trazer-lhe questões que podem interferir no seu relacionamento político e pessoal com Daenerys?

Eles vêm aí. O nosso inimigo não se cansa. Não desiste. Não sente.

Estas são as palavras que acompanham as próximas cenas. Narradas por Jon, acreditamos que tenham sido retiradas de alguma reunião que irá decorrer a determinado momento dos primeiros episódios, em que Jon irá alertar todos sobre o quão perigosa é a ameaça que se dirige até eles. Falamos, claro, do Rei da Noite e do exército dos mortos.

Na cena seguinte, vemos os preparativos para a guerra. Espadas a serem forjadas e se há ferreiro famoso em Westeros é Gendry, o bastardo do falecido Robert e agora herdeiro da linhagem Baratheon. Além do reencontro entre Arya e Jon, devemos esperar um emocionante encontro entre Gendry e Arya?

Jorah e Verme Cinzento partem para a batalha, mas não sem que o líder dos Imaculados se despeça de Missandei com um beijo apaixonado. Jorah, ao que tudo indica, irá liderar o exército Dothraki. Numa primeira análise pela internet, já há quem suspeite de que a espada que Jorah carrega à cintura é Heartbane, a espada de aço valiriano da família Tarly. Porém, da nossa parte não conseguimos verificar se de fato se trata ou não da espada que Sam trouxe de Monte Chifre.

Entre muito fogo, arma essencial na luta contra os mortos, vemos Brienne e Jaime Lannister a lutar. O rosto de Jaime demonstra muito desespero. Estará a donzela de Tarth numa situação sem saída ou Jaime teme pela sua própria vida e irá perecer nesta batalha?

O primeiro vislumbre da sala do Trono da oitava temporada. É noite em Porto Real. Voltamos a ver Cersei, desta vez no Trono de Ferro, que parece receber alguém. Será Euron e o líder da Companhia Dourada? A leoa estará refugiada na Fortaleza Vermelha enquanto a Norte todos lutam pela vida? A cena segue novamente com Cersei, no que se presume ser o seu quarto, com o seu habitual copo do vinho na mão. Brilhante como sempre, Lena Headey reflete várias expressões numa questão de segundos, se por um lado transparece que um sorriso de satisfação desbota do seu rosto, por outro denota-se preocupação e angústia nos seus olhos. A rainha apresenta-se na cena com um figurino mais descontraído. Estaremos perante uma cena mais intima da Rainha, provavelmente com Euron?

Esta cena pode, ainda, ter outro significado escondido. Segundo alguns spoilers, Cersei estaria grávida de Jaime e iria perder o bebé. Uma vez que vemos Cersei a chorar e com o copo de vinho na mão, esta cena pode ser logo após a perda do bebé Lannister.

Mais imagens magnificas dos dragões de Daenerys a sobrevoarem o Norte de Westeros.

Uma cena que não é inédita para quem segue o nosso site, onde Arya fica espantada a ver os dragões. A cena já tinha sido divulgada anteriormente, num vídeo promocional da HBO.

Verme Cinzento a liderar os Imaculados.

Jon Snow no bosque sagrado de Winterfell, fazendo recordar uma das cenas de Ned Stark na primeira temporada. Aliás, têm sido muitos os paralelismos que a série tem feito entre cenas atuais de Jon e antigas cenas de Ned.

Sandor Clegane, o Cão de Caça do falecido Joffrey, na batalha. Sendo o fogo tão importante na luta contra os mortos, é essencial que ele supere o seu medo. Aliás, há suspeitas de que possa ser ele a exibir, tal como o Beric tem feito desde a terceira temporada, uma espada em chamas! Segundo alguns spoilers, a determinado momento da batalha iremos ter três personagens com a espada em chamas.

Somos apresentados a outra cena com Jaime. Certamente o momento em que ele chega a Winterfell para ajudar na causa de Jon, sendo que ouvimos ele proferir as seguintes palavras:

Prometi que lutaria pelos vivos. Tenciono manter essa promessa.

Ao contrário da sua irmã, Jaime tenciona cumprir aquilo que prometeu.

Jon a correr entre as chamas no campo de batalha.

Sem muita clareza, parece-nos que na cena seguinte somos apresentados a alguns cavaleiros do Vale, que fogem de alguma ameaça. Porém não prevemos um desfecho positivo para a cena, uma vez que parecem correr na direção de uma porta fechada.

O corte que se segue tem deixado muitos fãs intrigados. Há quem acredite que entre os cavalos estão também lobos a lutar pelos vivos, provavelmente liderados por um Lobo Gigante. Será que vamos ter o prazer de voltar a ver o Fantasma ou até mesmo a Nymeria com todo o destaque que sempre mereceram e nunca tiveram?

Novamente Jon, acompanhado por Daenerys, numa espécie de visita aos dragões. Comida para os filhos da nossa Khaleesi parece não faltar. Iremos ver Jon montar Rhaegal durante algum momento desta temporada? Estas cenas parecem indicar que sim.

Mais um vislumbre da Sansa com o seu olhar distante, porém a imagem não nos permite tirar conclusões sobre o contexto em que se insere.

Arya na grande batalha. Na cena, ela faz uso das habilidades que adquiriu com Syrio Forel e na Casa do Preto e Branco.

Daenerys com uma expressão que remete a preocupação. Raios de luz entram pela janela. Será uma cena posterior à batalha contra os mortos? De destacar que o figurino de Dany parece conter tons vermelhos… ou é tudo uma questão de iluminação da cena.

Há quem suspeite que a cena seguinte com Tyrion (e única que tivemos dele até ao momento) pode também fazer parte da recta final da temporada, depois de uma possível vitória dos vivos contra os mortos. A teoria é suportada pelos elementos visuais, a falta de neve e a abundância de luz na cena. Estará ele às portas de Porto Real?

Mais uma cena que irá anteceder a batalha. Brienne e Podrick lado a lado, bem como Jorah Mormont, à espera da chegada do exército dos mortos.

E o trailer termina com a chegada da grande ameaça. Os mortos estão prontos para atacar Winterfell.

A construção do trailer foi toda ela circundante à grande batalha que decorrerá em Winterfell, a meio da temporada (no episódio 3, que foi dirigido por Miguel Sapochnik). Intercalado com cenas da batalha em si e cenas de todo o processo de preparação para a mesma, o material, salvo duas cenas que levantam dúvidas, não parece conter qualquer imagem da reta final da temporada. E é precisamente sobre esses três últimos episódios que não há muita informação relevante até ao momento. Rei da Noite vs Cersei? Jon Snow Vs Cersei? Daenerys Vs Cersei? Tyrion Vs Cersei? O que parece ser certo é que no final a disputa será contra a leoa do Rochedo que controla a Fortaleza Vermelha até ao momento, uma vez que a grande batalha contra os mortos acontecerá a meio da temporada.

A última temporada de Game of Thrones estreia dia 15 de abril às 02h no SYFY e na HBO Portugal.